BÔNUS: Guia completo para cuidar das suas roupas (e fazer elas durarem muito mais)!

Quem nunca estragou uma roupa por não saber exatamente como lidar com ela que atire a primeira pedra.

A verdade é que quase ninguém sequer olha para as etiquetas que vem nas roupas e, quem olha, muitas vezes não entende o que aqueles símbolos significam, mas essas etiquetas são justamente o “manual” do produto e se você não sabe como manuseá-lo, aumenta consideravelmente as chances de fazer algo errado e o danificar, né?

Por sabermos que esses símbolos não são nada práticos e pensando em te ajudar (porque queremos que suas roupas ME durem uma eternidade), elaboramos uma “tradução” dessas etiquetas para você não errar nunca mais na hora de lavar, secar e passar suas peças, olha só:

 

O BALDE

O primeiro símbolo que você precisa conhecer é o balde e ele está diretamente ligado à lavagem — o óbvio também precisa ser dito.

Você sabia que a maioria das máquinas de lavar possuem ciclos de lavagem com água quente? A sua possivelmente é uma dessas e, provavelmente, algumas roupas suas têm encolhido ou desbotado por você não se atentar ao que vou te contar agora: o símbolo do balde com números dentro indica a temperatura máxima da água que o tecido aguenta. Assim, se aparecerem dentro do balde os números “40”, “60”, “90” (ou qualquer outro), isso significa que aquele tecido não pode ser lavado em água com temperatura superior a 40ºC, 60ºC ou 90ºC, respectivamente, então, fique de olho na sua máquina de lavar e na temperatura em que ela aquece a água... ela tem boas intenções e só quer deixar tudo limpinho, mas pode estar te sabotando! 

Junto ao balde também podem aparecer alguns riscos e isso tem relação com a intensidade da lavagem: se houver dois riscos abaixo dele, significa que a lavagem precisa ser extremamente suave; se houver um único risco abaixo dele, significa que a lavagem deve ser suave; se não houver nenhum risco abaixo dele, pode ir com tudo e lavar normalmente. 

O desenho do balde pode aparecer com a silhueta de uma mão dentro e isso significa que é uma peça delicada que deve ser lavada somente à mão.

Por fim, o balde pode aparecer com um “X” sobre ele e isso significa que essa peça não pode ser lavada com água. Sim, é isso mesmo: é uma roupa e você não pode usar água nela!

Já pensou quantas roupas novinhas suas poderiam ir para o lixo se você não soubesse de nada disso? Não adianta chorar por aquelas que já foram, mas você pode continuar lendo e evitar que aconteça com as próximas, porque ainda tem muita coisa que você provavelmente não sabe! 

O CÍRCULO

Quando se deparar com um círculo nas etiquetas das suas roupas, a partir de hoje você já sabe: ele representa a lavagem a seco. Essa antiga conhecida dos tapetes e dos sofás, muitas vezes também pode ser indicada como método de limpeza das suas roupas.

Você vai observar que algumas letras podem aparecer dentro do círculo, então, vamos a elas: a letra “P” no centro do círculo indica que apenas profissionais devem lavar aquela peça a seco (lavar em casa pode ser o famoso “barato que sai caro”, então, considere levar para quem sabe). A letra “A”, por sua vez, autoriza o uso de todos os tipos de solventes. A letra “F” instrui a usar apenas hidrocarboneto durante a lavagem e o “X” sobre o círculo indica que é proibida a lavagem a seco. 

Além das letras, pode ser que você observe um traço abaixo do círculo que significa que nessa peça há restrição no uso de água (ou seja, é necessária a lavagem a seco) ou centrifugação (na dúvida, pule este modo na máquina). 

O TRIÂNGULO 

 Talvez o fato de um triângulo não ter qualquer semelhança com um alvejante tenha impedido você de chegar à conclusão de que esse símbolo se refere a como e quando o alvejante pode ser utilizado nas suas roupas. 

  Só quem já tentou passar o “look perfeito” que você usaria pela primeira vez naquela noite e viu o ferro colar no tecido deixando aquela “estampa de ferro de passar” que não saiu nunca mais vai entender o desespero e o sofrimento que essa situação causa e vai valorizar essa explicação (e se você não quer passar por isso, aconselho pegar essa próxima dica também).

Se o símbolo do ferro de passar tiver o desenho de um ponto sobre ele, isso significa que o tecido pode ser aquecido até, no máximo, 100ºC e você não deve usar vapor. Se sobre o desenho do ferro houver dois pontinhos, significa que você pode usar o ferro até a temperatura máxima de 150ºC, e tudo bem usar o vapor. Por fim, três pontinhos significam que aquele tecido pode ser aquecido até 200ºC e o vapor não vai gerar nenhum prejuízo também.

Atentar-se às configurações do próprio ferro de passar de acordo com o tipo de tecido (ex.: linho, algodão, etc) também é uma ideia e você consegue saber qual o tecido da sua roupa apenas olhando a etiqueta. 

Dica para a vida: o “X” sobre qualquer desenho sempre vai indicar que não é boa ideia fazer alguma coisa, ok? Dessa forma, se houver um “X” sobre o símbolo do ferro de passar, não passe esse tecido.

 

DICAS BÔNUS: 

1. Além de deixar as roupas mais macias e perfumadas, o amaciante, a depender do tecido, faz com que não seja necessário passá-lo após secar — e passar menos as roupas também é uma forma de aumentar sua durabilidade; 

2. A menos que você tenha rolado no barro ou utilizado a mesma peça durante algumas semanas sem parar, não é necessário lavar suas roupas no ciclo mais forte da máquina;

3. Caiu alguma coisa sobre o tecido? Limpe o quanto antes! Remover a mancha rapidamente é o que minimiza as chances dessa mancha se tornar eterna;

4. Dica velha, mas útil: não misture roupas brancas e coloridas, lave-as separadamente para não manchar (não seja teimosa);

5. Deixar as peças de molho por 30 minutos em uma solução de água + sabão líquido + alvejante sem cloro ajuda a eliminar os odores mais resistentes. Se você esfrega menos as peças, aumenta a durabilidade delas (e não descasca seu esmalte); 

6. Respeite a capacidade da máquina: se colocar peças demais, elas não são lavadas corretamente e você precisa repetir o processo. Quanto menos lavar, mais elas vão durar;

7. O excesso de sabão não deixará suas roupas mais limpas, ao contrário, degrada as fibras do tecido e pode manchá-las, o que fará com que sua roupa fique com aparência de surrada precocemente;

8. Se a peça for delicada (e puder ser lavada na máquina), use e abuse daqueles saquinhos para protegê-la;

9. Não sei quem inventou que é boa ideia deixar as peças de molho por muito tempo, isso enfraquece as fibras do tecido e leva a durabilidade da sua peça lá para baixo;

10. Tricôs deformam com o efeito da gravidade e não retornam ao seu estado original depois disso. Portanto, é necessário secá-los sob uma grade na horizontal e guardá-las dobradas em prateleiras ou gavetas.

 

BÔNUS DO BÔNUS:

Opte por sempre investir em peças com bons tecidos, boa modelagem e costura bem feitas. Quão superior for a qualidade da peça, mais ela durará como nova no seu guarda-roupa — e, para isso, conte com a ME! 

 

A propósito, já deu uma passadinha na nossa loja hoje? É só clicar no ícone no topo da página e você será redirecionada para um universo de peças lindas, atuais e com muita durabilidade! 

Até a próxima!   

  

 

  

Enviamos suas compras

Entrega em todo o país

Pague como quiser

Cartões de crédito ou à vista

Compre com segurança

Seus dados sempre protegidos